Atenção na contratação de administradores de imóveis

O proprietário de alguns apartamentos em Canasvieiras, norte da Ilha de Santa Catarina, e residente em outro Estado, foi surpreendido com o recebimento de citação em ações judiciais movidas pelo administrador de imóveis contratado para locar e dar manutenção nas unidades, e pela esposa deste.

Nas ações, o casal pleiteava o reconhecimento de vínculo empregatício, e a condenação do proprietário ao pagamento de todas as verbas trabalhistas inerentes a tal relação, valores que poderiam superar a cifra de R$ 50.000,00.

Ambas as ações foram julgadas improcedentes, principalmente em razão da existência de um contrato de administração de imóveis, que explicitava os termos da contratação, e do depoimento de locatários das unidades, que confirmaram os fatos narrados na defesa do proprietário.

A fim de evitar surpresas como a aqui relatada, é imprescindível que a contratação da prestação de serviços de administração de imóveis seja devidamente registrada em contrato redigido por advogado de confiança do proprietário.